A escalada da violência escolar

Imagem
altamirahoje.blogspot.com

A violência na escola parece não ter limites. Todos os dias são noticiados casos e mais casos. Em São Paulo, uma pesquisa revelou que 44% dos docentes já sofreram com essa violência. Recentemente, em Belém, um aluno quebrou uma pá ao agredir uma professora que o havia repreendido.
Algumas discussões apontam que isso é reflexo do aumento da criminalidade nas ruas. É indiferente se ocorre na escola municipal ou estadual, pública ou particular. O objetivo da educação parece ter se perdido. A educação que havia antes deu lugar ao medo, incerteza e frustração entre os profissionais que já não podem repreender ou dar notas baixas. Foi-se o tempo da palmatória – fosse hoje muitos professores já teriam morrido.
Talvez esteja certa a psicóloga que disse, em um telejornal, que essas agressões sejam fruto da má conduta dos pais em educar, dentro de casa, os filhos. Esses acreditam que quanto mais se tem, mais se pode. Esses abusos estão quase sempre vinculados à classe D e E. Não podemos esquecer que no meio da pirâmide social (ou no topo), existem os mais abastados que acham que podem tudo por causa de um sobrenome familiar ou o dinheiro guardado no banco. Quando um “menor” é filho de gente importante, se tem a impressão de que a poeira vai parar debaixo do tapete. O jovem não vai pagar pelo crime, debalde acusar os pais.
Seja qual for o objetivo da educação, parte-se da premissa que os filhos devem aprender com os pais como lidar com a frustração. Caso contrário, teremos professores e outros alunos que sofrerão com essa brutalidade absurda e idiota.
Coitado de mais um professor que quase paga com a própria vida a bestialidade de um aluno mimado. Ou não?

Matéria exibida em telejornal do Estado.

Anúncios

Gostou? Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s