Nossas lindas praias. Lindas?

De um lado, calçadão, cerveja, farofa e brega. Do outro, carrões, cerveja, farofa e…. Tirando um ou outro item, não parece ter tanta diferença entre duas conhecidas praias do Estado.

Praia do Amor Pará
Formigueiro?

Se as tão “negativadas” praias de Outeiro (Caratateua) eram vistas como praias de farofeiro, de bandoleiro e de gente sem condições financeiras para aproveitar outros ares, o Atalaia, em Salinópolis, era a praia do empresário, de gente bonita e corpos “sarados”.

165051copia_de_salinas__macio_ferreiraarquivo__bn
Feirão de concessionária?

Lá na Praia do Amor, presumia-se que bandidos iam curtir o final de semana e feriados, lotando ônibus com criança chorando no colo, idosos em pé e gente mal educada com suas caixinhas de som. Vemos isso.

Praia_em_Outeiro2
“Praia de rio”

Na paradisíaca praia banhada pelo Atlântico, presumia-se moças com trajes mínimos, garotões vendo quem é o mais forte e quem tem o melhor som automotivo. Vemos isso.

salinasb
“Praia de mar”

Dois cenários bem distintos. Ou não? Pressupõe-se que quem é mais abastado tem uma maior preocupação com segurança e boas maneiras. Isso é o que a mídia mostra, MAS alguns “abestados” conseguem manchar o que a natureza deixou de melhor: uma paisagem estonteante.
Se o lixo acumula em Outeiro, hoje não é diferente na praia situada a mais de 200 quilômetros da capital.
O que me surpreendeu – na verdade, nem tanto, já era esperado – foi o trágico fim de feriado prolongado que uma jovem e sua família tiveram. Ela perdeu parte da perna. Acidente de trânsito? Na areia?
O absurdo contraste entre os veículos e turistas (ou não) disputando vaga na areia é de amedrontar. E deu no que deu.
Pra completar, algo que já não causa tanto espanto, devido a banalização que vemos da vida. Um criminoso, acompanhando por um adolescente infrator, mata um casal de idosos que curtiam a “tranquilidade” do lar.
Adolescentes infratores são diferentes de “filhinhos de papai” que acham que podem tudo em nome do sobrenome? Pais que liberam veículos para os filhos mostrarem que sabem conduzir (será?) são diferentes de pais que são surpreendidos pela prisão de filhos que não souberam educar?
Falta de educação, sujeira, violência, mortes. Outeiro e Atalaia. Conheço as duas. E, me perdoem quem discordar, ainda prefiro o calçadão e o “batidão” do “pisa, pisa, pisa na barata” (sim, eu gostava dessa música).

Picture3
Calçadão
Anúncios

Gostou? Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s