Professor educa ou apanha?

0357Há pouco menos de um mês, um cenário de confronto revoltou a sociedade brasileira. Professores de um lado e policiais, do outro. O choque entre duas categorias tão discriminadas deixou dezenas de educadores machucados, sendo pelo menos 15 em estado grave. As imagens da repreensão violenta correram o mundo.
Hoje, 14, outra imagem causa indignação. Uma professora que participava de manifestação em Medicilândia, no sudoeste do Pará, foi covardemente agredida por um vereador.
Em Parauapebas, outro nobre membro de uma câmara legislativa debocha de toda a população dizendo que o salário de pouco mais de 10 mil reais quase não dá para sobreviver.
Dois políticos eleitos pelo e para o povo. Uma vez, durante um protesto aqui em Altamira, alguém do meu lado falou que a cidade estava sem governo. Outra pessoa respondeu na hora que era mentira, afinal, o povo tinha o governo que escolheu.
O vídeo feito, no caso de Medicilândia, já começou a circular nas mídias sociais e, lógico, causa indignação. De um lado, uma mulher que educa e do outro, um político eleito e pago pelos munícipes.
A “cultura de agressão”, termo que encontrei na internet, parece banalizar cada vez mais a violência, seja contra professores, mulheres, crianças, jovens, idosos etc.
Ano passado, uma pesquisa mundial colocou o Brasil na primeira posição do ranking de violência em escolas, com um percentual de 12,5 dos professores entrevistados afirmarem que são vítimas de agressões verbais ou físicas. Na Coreia do Sul, na Malásia e na Romênia, o índice é zero.
Será que esse é uma estatística irreversível?
Enquanto se procura uma ou várias respostas, alunos jogam carteiras ou esfaqueiam e políticos e órgãos da segurança pública avançam contra professores.
Nota zero, expulsão e reprovação nas urnas seria uma solução. Ou não?

Anúncios

Gostou? Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s