A morta fake e o Jornalismo digital

outrodenos

Se confirmada, a trama a seguir é um dos casos mais bizarros da história do Jornalismo paraense, quiçá do Brasil. Rende algumas teses de doutorado para quem curte se debruçar em pós-pós-modernidade e redes sociais.

ZombieWalk_2012_in_Vancouver

O fato é que as pessoas estão completamente malucas. No dia 31 de julho, foi divulgado que uma moça de Belém, belíssima por sinal, foi morta em um assalto em São Paulo. A notícia foi divulgada no Diário Online (DOL) e até TV Record – no dia 1° de agosto a informação foi veiculada no Diário do Pará também. Óbvio que houve uma comoção nas redes sociais. Mas, estranhamente a notícia sumiu dos meios de comunicação.

No perfil da moça, não havia os tradicionais depoimentos com lamentos, orações e etc. O único vestígio da vida da vítima do terrível crime era um texto do namorado no próprio perfil dele, dizendo o quanto estava triste e que infelizmente…

Ver o post original 438 mais palavras

Anúncios

Gostou? Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s