A morta fake e o Jornalismo digital

outrodenos

Se confirmada, a trama a seguir é um dos casos mais bizarros da história do Jornalismo paraense, quiçá do Brasil. Rende algumas teses de doutorado para quem curte se debruçar em pós-pós-modernidade e redes sociais.

ZombieWalk_2012_in_Vancouver

O fato é que as pessoas estão completamente malucas. No dia 31 de julho, foi divulgado que uma moça de Belém, belíssima por sinal, foi morta em um assalto em São Paulo. A notícia foi divulgada no Diário Online (DOL) e até TV Record – no dia 1° de agosto a informação foi veiculada no Diário do Pará também. Óbvio que houve uma comoção nas redes sociais. Mas, estranhamente a notícia sumiu dos meios de comunicação.

No perfil da moça, não havia os tradicionais depoimentos com lamentos, orações e etc. O único vestígio da vida da vítima do terrível crime era um texto do namorado no próprio perfil dele, dizendo o quanto estava triste e que infelizmente…

Ver o post original 438 mais palavras

Anúncios

Virgem de Nazaré, proteja nossas crianças

http://ministeriodeevangelismoinfantil.blogspot.com.br/Em Altamira, no sudoeste paraense, mataram mais um adolescente, mas velho conhecido na cidade e das autoridades policiais. O “sombra do demônio”, apelido que ganhou por praticar furtos e roubos à noite, foi alvejado com três tiros. Vingança de alguém que ele furtou? Rixa entre bandidos? Falta de oportunidades na vida? Família desestruturada? Ausência do Poder Judiciário? Omissão do conselho tutelar? A droga o consumiu e, por causa dela, morreu? São várias perguntas para o início e meio, porém, uma verdade prevalece: outros “sombras” já existem e hão de existir, emergindo das sombras de dia ou de noite. Nas redes sociais, alguns vibravam. Muitos falaram que é “menos um” para assustar mulheres e crianças na cidade. Outros questionavam o que cada um tem feito para mudar a triste realidade das crianças e adolescentes que vivem à margem dos bons valores sociais. Enquanto isso, a mídia continua a expor a fragilidade do “sistema”. Dias atrás, adolescentes fizeram reféns doze pessoas na capital do Estado. Em outro assalto, um com 14 anos e outro de 16 tentaram roubar uma loja de calçados, em Marituba. Seja na região metropolitana de Belém ou no interior, questionamos: até quando? A proximidade de três datas comemorativas parece cada vez mais ter ligação entre elas: Dia das Crianças (infância), Dia do Professor (educação) e, para os paraenses católicos, o Círio de Nazaré (religião). Assuntos exaustivamente discutidos em fóruns, artigos e veículos de comunicação. O ECA, a LDB e a Bíblia possuem algumas respostas, mas nem sempre são consultados. Alunos vivendo em clima de guerra e professores sendo desrespeitados. Cadê a figura do “mestre querido”? Com os dias 12, 13 e 15 se aproximando, o que nós temos feito? O que podemos esperar? Ó, Virgem, olhai por nós e atendei nossas preces. Que Nossa Senhora de Nazaré abençoe todos os professores e proteja nossas crianças. Amém.

Ministério da Saúde tem que advertir: escrever em blog pode trazer riscos…

censuraEscrever: expressar-se por meio de escrita; narrar, descrever, contar (algo) por meio da escrita; colaborar com textos para a imprensa ou trabalhar na imprensa como redator.
Blog: página pessoal, atualizada periodicamente, em que os usuários podem trocar experiências, comentários etc., ger. relacionados com uma determinada área de interesse.
Para quem gosta dos dois, fica a dica: 5 motivos para você não copiar um conteúdo na íntegra.
Escrever em blog, copiando ou não, sendo criativo ou não, parece trazer sérios riscos. Por falar nisso, blogueiro de Altamira recebe ameaça de morte à própria filha. Continue Lendo “Ministério da Saúde tem que advertir: escrever em blog pode trazer riscos…”

Isadora Faber pode ser o começo de uma revolução no ensino público

Isadora Faber pode ser o começo de uma revolução no ensino público.

Valeu a publicação, Álvaro Borba (ABCuritiba).

Isadora Faber