Força estranha

Eu vi um menino correndo, mas não vi o tempo brincando ao redor do caminho daquele menino. Atrás dele, outros garotos que buscavam ofendê-lo, agredi-lo, espanca-lo. Ou foi somente uma queda? Da dúvida, a certeza: morte. Bullying surgiu como a palavra da vez, mas os assédios morais ou físicos sempre existiram. Culpa de uma mídia […]

Leia mais Força estranha

Violência em todos os cantos

  “Eu quero presentear A minha linda donzela Não é prata nem é ouro É uma coisa bem singela Vou comprar uma faixa amarela Bordada com o nome dela E vou mandar pendurar Na entrada da favela”*   Não teve faixa amarela. Teve a linha vermelha. Lavada com sangue. Mais uma vez. Perto de favelas. […]

Leia mais Violência em todos os cantos

#PrayForOrlando

Imaginemos o seguinte diálogo. _ Oi, Ron… Estou muito a fim de curtir esse fim de semana. Estou com meu namorado brasileiro e ele disse que neste domingo se celebra o Dia dos Namorados lá. _ Legal, cara. Pô, se tiver a fim, vai uma turma pra uma boate muito boa. Topas? _ Claro. Independente […]

Leia mais #PrayForOrlando

Infância roubada…

Há quase dois anos e meio postei o texto Virgem de Nazaré, projeta nossas crianças. Travava, entre outras coisas, sobre a morte do adolescente conhecido como “sombra do demônio”, que já passava a ser personagem de vários casos de furto e roubos em Altamira, no sudoeste do Pará. Agora, em São Paulo, outro caso me […]

Leia mais Infância roubada…

#EstuproNãoÉCulpaDaVítima

Piauí. 2015. Quatro jovens abusadas sexualmente e jogadas de um penhasco de 10 metros de altura. Uma morreu. Piauí. 2016. Adolescente de 17 anos é violentada por cinco covardes (me recuso a chama-los de homens), sendo quatro menores. Rio de Janeiro. Vinte de maio de 2016. Trinta e três monstros e uma garota de 16 […]

Leia mais #EstuproNãoÉCulpaDaVítima

“Ele me ama”.

“Ei, sua doida, nem te conto. Acredita que o Nando chegou na noite passada e me trouxe um buquê tão lindo, tão lindo. Foi a primeira vez nesses cinco meses que ele me surpreendeu. Ele me ama mesmo”. “Menina, nem te conto. Tu esquecestes que dia foi ontem, sua lesa? Dia deles nos presentearem por […]

Leia mais “Ele me ama”.

Olhai por nós, Senhor!

Desde novembro do ano passado não escrevo. Às vezes, a vontade vem e vai com a mesma intensidade. Seja por cansaço físico ou fadiga mental. Preguiça, talvez. Só que hoje eu não poderia deixar em branco algo que deixou a cidade, que escolhi para viver, mais cinzenta e vermelha e seus moradores de luto. É […]

Leia mais Olhai por nós, Senhor!

Meia-noite em Paris

Há um filme chamado Meia Noite em Paris em que o personagem principal admira e assume ser apaixonado pela década de 20. Lá, no passado, uma jovem de prenome Amanda e que seria uma das amantes de Picasso e outros pintores, afirma que admira e assume ser apaixonada pela virada do século, no período da […]

Leia mais Meia-noite em Paris

Só nos restam canções de despedida

Um universitário e uma criança. No ônibus que o levaria para uma excursão, amigos o viram sucumbir diante de bandidos covardes que atiraram sem motivo aparente. O fisioterapeuta de amanhã, Lucas, teve a vida interrompida na madrugada. Na festa de aniversário, coleguinhas viram criminosos trocarem tiros com um policial e a pequena Ana, de oito […]

Leia mais Só nos restam canções de despedida

Lágrimas para todos os lados

De um lado, agricultores. Do outro, um médico. Lá, latrocínio. Aqui, tudo aponta para homicídios dolosos. Na mídia nacional, só se fala na redução da maioridade penal, pois o suposto autor do assassinato de Jaime Gold tem 16 anos e 15 passagens pela polícia, a primeira com 12 anos de idade. Na local, busca-se o […]

Leia mais Lágrimas para todos os lados